FANDOM


Steven Universe

Esta página é uma transcrição finalizada do episódio "O Canhão de Laser".
Não edite esta página, a menos que você encontre algum erro gramatical ou descrição incorreta.
No caso de outros tipos de mudança, por favor entre em contato com a administração.

(Steven e Ametista correm em direção à Lanchonete da Praia)
StevenÔ, Fryman! Vê as sobras pra gente!
Fryman: Steven, já fechamos.
Steven: Ah, pera ai... (Ametista começa a bater no balcão da lanchonete)
Ametista: Queremos as sobras! As sobras! As sobras! As sobras!
Steven e Ametista: As sobras! As sobras! As sobras!
Fryman: Ei, está bem, está bem, mas não precisam quebrar o balcão.
Steven e Ametista: Isso! (os dois tocam as mãos)
Fryman: Posso fritar mais batatas se quiserem. (Fryman coloca batatas fritas em um saco)
Steven: Não, só isso mesmo.
Fryman: Tá aqui, batatas fritas. (Frybo entrega as batatas para os dois e se despede)
Steven: Obrigado! (Steven e Ametista comem as batatas) Ah, o entardecer. Eu adoro essa parte do dia, que o sol se põe e um outro sol aparece e vai crescendo e crescendo no céu. (Ametista ri)
Ametista: É aquele segundo sol ali... (ela fica assustada) O que que isso tá fazendo lá?
Steven: O que que é isso? (Ametista segura Steven) Minhas sobras! (Eles vam até a praia)

Garnet: Tá pergioso.
Pérola: Olha só o tamanho disso, não fazia ideia de que eram tão grandes assim.
Ametista: Ô, Garnet! Pérola! (ela e Steven chegam na praia)
Pérola: Nós já vimos. Nós duas estamos tentando salvar a humanidade, onde você estava? (Ametista coloca Steven no chão)
Ametista: Comendo as sobras. (Pérola coloca a mão na cabeça)
Steven: Eu posso ver? (Steven olha através do telescópio) Olha... (o Olho Vermelho se abre) É um olho gigante, que legal!
Pérola: Não é nada legal, isso aí é um Olho Vermelho!
Steven: Olho Vermelho?! Ele vai contaminar todo mundo!
Garnet: Não, aí é conjutivite. (Ametista ri)
Pérola: Ele vai se chocar com Beach City e vai nos esmagar junto com um monte de gente desprotegida e inocente e nós temos que detê-lo.
Steven: E o que vamos fazer?
Garnet: Só o que pode destruÍ-lo é um canhão de laser que pertenceu a Rose Quartz.
Steven: Minha mãe?
Ametista: Se a Rose estivesse aqui seria tão fácil.
Pérola: Eu sei, mas ela não está e o canhão desapareceu, vamos ter que achar outra solução.
Steven: Se pertenceu a minha mãe, o meu pai deve saber onde está e ai ele salva a cidade também! Hein?
Pérola: O Greg é... Legal, Steven. Mas duvido que a Rose entregasse a alguém como ele uma arma tão poderosa.
Ametista: Seu pai é um trapalhão, Steven.
Pérola(Em um tom de voz baixo) Ametista!
Ametista: Eu só to dizendo. E mesmo que ela tenha deixado com ele, ele já deve ter quebrado ou perdido ou já deve ter jogado no oceano.
Garnet: Concordo.
Steven: Não mesmo! Aposto que ele guardou em um lugar seguro, eu vou perguntar.
Garnet: Nós vamos resolver isso. (Garnet olha pra Ametista) Está pronta? (Garnet segura Ametista, pula e a joga no olho, ela bate no olho e cai no oceano)
Steven: Eu tenho que ir. (Steven vai embora)
Pérola: Tá, ok, boa sorte.

(No Lava-Carros)
Steven: (Batendo na porta da van) Ô, pai, sou eu! Pai! Você tá ai dentro? Acorda! A gente tem que salvar a cidade! (Ele sobe na van e começa a pular) Pai! (O alarme da van dispara e Greg sai da van)
Greg: Quem é que tá ai?! Eu vou panquecar a cara!
Steven: Pai, sou eu. (Greg desliga o alarme)
Greg: Steven? (Steven corre e abraça seu pai) Eu quase panquequei a sua cara, tá fazendo o que aqui tão tarde?
Steven: Como assim? Pai, o sol se pôs há uma hora atrás.
Greg: É que o dia foi lento por aqui. O que é que você quer? Ver o seu papai? Quer que eu te ensine as coisas da vida, né?
Steven: Não! Preciso do canhão de laser que foi da mamãe pra queimar um olho!
Greg: Um olho?
Steven: Aquele! (Greg vê Ametista sendo atirada para o olho)
Greg: Espera aí, isso é coisa de magia? As Gems me falaram para eu não me meter com magia, pode ser perigoso e acabar com o que restou com o meu cabelo.
Steven: Cade o canhão da mamãe? Você tem que saber onde ele está, ele tá em uma masmorra? Ou em uma fortaleza? Ou em uma ostra no fundo do oceano?
Greg: Olha, eu não sei de nada disso, mas eu tenho ideia de onde pode estar.
(Eles vam ao depósito de Greg)
Steven: Um armazém de um depósito mágico!
Greg: Há, não exatamente, mas eu diria que tem magia lá dentro. (Greg pisca, mas Steven não entende) É um depósito que eu uso pra guardar as coisas que não cabem na van. Se não achei em lugar nenhum é porque tá aqui! (Greg abre o portão do depósito)
Steven: Se eu vou entrar aí, preciso de recursos! (Steven pega uma meia e uma lanterna e amarra em sua cabeça e entra no depósito) E lá vou eu!
Greg: Boa sorte!
Steven: Uau! Muito legal! Parece o museu do papai! Tá ali! (Steven pensa que uma bolsa de tacos de golfe era o canhão) Você joga golfe?
Greg: É, eu gosto de me imaginar como alguém que jogaria golfe, algum dia quem sabe.
Steven: É isso! (Steven tira bagunça de um tambor pensando que era um canhão) Um tambor... (Steven volta e bate no tambor) Não, não, não acredito! Não acredito! Não acredito! É isso! (Steven pega um canhão de camisetas e atira uma camiseta) "Compre canhões de camiseta!" (Steven abre uma caixa com CDs de Greg) Pai, tem um monte de cópias do seu CD aqui.
Greg: Ah, cara, não consegui me livrar dessas coisas. Antes de eu abrir o lava-carros, eu era uma banda de um homem só e viajava pelo país inteiro!
Steven: Eu já sei, pai! (Steven continua explorando)
Greg: Quando eu fiz um show aqui em Beach City, ninguém veio a não ser...
Steven: Um crocodilo!
Greg: Não! A sua mãe!
Steven: Haha, eu sei!
Greg: E ficamos sempre juntos depois disso, até ela desistir do corpo físico pra ter você. (Steven quebra uma moldura) Não sei o que aquela mulher mágica e maravilhosa viu num cara malucão que nem eu.
Steven: Ah, pai, estraguei uma foto.
Greg: Tudo bem, Steven. Se o porco inteiro fosse perfeito não haveria cachorro-quente. (Steven percebe um brilho e encontra o canhão)
Steven: O canhão de laser!


(Greg vendo o Olho Vermelho)
Greg: Poxa vida, isso tá me deixando nervoso.
Steven: Pai! Encontrei ele!
Greg: É mesmo?
Steven: Liga a van! (Greg acelera e acaba tirando tudo de dentro do depósito)
Isso aí pode salvar a cidade, vamos levar pra praia!
Greg: Como? É muito grande pra caber na van! (Eles olham um carrinho de mão se movendo. Assim, eles levantam o canhão para por no carrinho) Agora solta ele! (O canhão quebra o fundo do carrinho, mas do mesmo jeito, eles levam)
Steven: Não vai danificar não?
Greg: Se o porco inteiro fosse perfeito...
Steven: ...não haveria cachorro-quente!
Greg: Essa coisa tá ficando enorme! Ai que medo!
Steven: Essa van não vai mais rápido não? (Greg aumenta para 50km/h)
Greg: Isso já é rápido!
Steven: Não esquenta! Vamos ouvir seu CD, pai!
Greg: Dirigindo Minha Van Pro Seu Coração? (Greg fica corado) Ah, quer ouvir? Você já ouviu isso aí.
Steven: Mas vou ouvir de novo! (Ele coloca o CD)

(Música: Dirigindo Minha Van Pro Seu Coração)
♪ Eu sei que não sou alto ♪
♪ Também não sou esperto não, ♪
Steven: ♪ Mas minha van vai pro seu coração ♪
♪ Minha van vai pro seu coração ♪
♪ Eu sei que não sou rico ♪
♪ Quem sabe um dia então ♪
♪ A minha van vai pro seu coração ♪
♪ Minha van vai pro seu coração ♪

♪ E se alguém estranhar, por mim tá tudo bem ♪
♪ Pro espaço sideral vou te levar ♪
(Ametista sai da água)
Ametista: Vai! Me arremessa de novo! Eu já to quase quebrando ele!
♪ Que não escutamos ninguém ♪

♪ Eu penso em toda manhã ♪
Ametista: É o canhão.
Steven: Oi, gente.
♪ Em um plano de ação ♪
Pérola: Ele conseguiu mesmo!
♪ Mas eu já tenho a van ♪
Ametista: Estamos salvos! (O Olho Vermelho começa a sugar tudo)
♪ Minha van vai pro seu coração ♪

♪ Minha van vai pro seu coração ♪
♪ Minha van vai pro seu coração ♪
Fryman: Não, não, não! A lanchonete na praia! (As batatas da placa começam a ser sugadas)
♪ Minha van vai pro seu coração ♪
♪ Minha van vai pro seu coração ♪


Garnet: Temos que usá-lo agora!
Pérola: Eu não sei como funciona, o canhão era da Rose!
Steven: Pai! Como funciona?! (Greg demonstra que não sabe)
Pérola: Steven, isso é muito sério... A pedra! Você tem a pedra da Rose! (Steven olha para sua pedra)
Ametista: É isso aí! (Ametista pega Steven e começa a esfregá-lo no canhão) Vai funciona!
Garnet: Para com isso!
Pérola: Não vai adiantar!
Ametista: Então vai lá! Me atira de novo! (Garnet segura Ametista)
Pérola: Isso não vai funcionar! (O canhão, com Steven, começa a ser puxado)
Greg: Eu cuido disso, opa, não. (Greg desamarra o cabo entre a van e o canhão e a van começa a ser puxada) Não vai, não.
Steven: Funciona! Destrava! Ativa aí, anda, por favor! A gente tá contando com você! Você não pode ser inútil! Você pode ajudar sim!
Greg: Tá tudo bem, Steven, a gente vai pensar em alguma coisa, até uma coisa melhor!
Steven: É! Legal! Se o porco inteiro fosse perfeito não haveria cachorro-quente! (O canhão ativa-se)
Pérola: Tá funcionando! (Um parafuso do canhão se solta e faz ele cair, Steven tenta levantar e recebe a ajuda das Gems) Steven!
Ametista: É isso aí!
Garnet: Segurar com firmeza! (O canhão dispara e destrói o Olho Vermelho, as Gems ficam impressionadas com o que veem e pedaços do olho caem por toda Beach City)
Ametista: Steven, você salvou a cidade, quase toda!
Steven: Foi mal aí gente!
Fryman: O que!?
Pérola: Como conseguiu que ele funcionasse?
Steven: Eu disse aquela frase que meu pai sempre diz.
Pérola: Aquela coisa de torresminho? (Garnet coloca a mão no ombro de Pérola)
Garnet: Cachorro-quente.
Greg: Rose... (Ele enxuga suas lágrimas, a maré sobe e todos riem. Greg vê a van boiar pra longe) A minha van!
Steven: Tá tranquilo, pai! Se o porco inteiro fosse perfeito...
Greg: Perfeito o que, eu moro nela! (Greg entra na água para pegar a van e Steven também) Vem aqui!
Steven: Ô van!
Greg: Volta pra mim!
Steven: Aqui!

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.